Policiais federais paralisam atividades nesta terça-feira


Os funcion√°rios da Pol√≠cia Federal paralisam oficialmente suas atividades nesta ter√ßa-feira em decorr√™ncia de uma greve nacional por tempo indeterminado. A expectativa √© de que a ades√£o seja de pelo menos 80% dos policiais federais de todo o pa√≠s. A greve foi decidida na quarta-feira da semana passada pelo conselho de representantes da Federa√ß√£o Nacional dos Policiais Federais (Fenapef) e atinge aeroportos, portos e fronteiras.

Os cerca de 9.000 agentes, escriv√£es e papiloscopistas reividicam a restrutura√ß√£o da carreira, aumento salarial e a sa√≠da do atual diretor-geral da PF, Leandro Daiello. Segundo dirigentes da Fenapef, Daiello privilegia os delegados ¬Ė junto com os peritos da PF, eles recebem entre 13.400 e 19.600 reais por m√™s. Para as demais fun√ß√Ķes, o sal√°rio varia entre 7.000, piso pargo para quem possui o Ensino M√©dio, e 11.000 reais. Os policiais exigem remunera√ß√£o de 12.000 reais.

Entre os diveros servi√ßos afetados em raz√£o da greve est√£o as investiga√ß√Ķes sobre tr√°fico de drogas, fislaliza√ß√£o de empresas de seguran√ßa, vistoria em ag√™ncias banc√°rias, libera√ß√£o de portes de armas, atendimento a estrangeiros e emiss√£o de passaportes, excetuando-se os emergenciais. "Sabemos que qualquer movimento de greve traz dificuldades √† vida das pessoas, mas queremos minimizar esses impactos e ter o apoio da popula√ß√£o", afirmou o presidente da Fenapef, Marcos Wink.

Segundo ele, a categoria negocia h√° dois anos com o Minist√©rio do Planejamento a reestrutura√ß√£o das carreiras e a exig√™ncia de n√≠vel superior. A portaria que regulamenta a atividade ainda √© de n√≠vel m√©dio, diz Wink. Em S√£o Paulo, o sindicato dos policiais federais programou um ato simb√≥lico para as 9 horas desta ter√ßa-feira, com entrega de armas e distintivos na sede do Departamento de Pol√≠cia Federal, no bairro da Lapa, zona oeste da capital. 

Opera√ß√£o-padr√£o ¬Ė Com o in√≠cio da greve, os aeroportos devem concentrar os principais problemas. Os agentes planejam implantar uma opera√ß√£o-padr√£o, que consiste na averigua√ß√£o da documenta√ß√£o e bagagem de todos os passageiros que embarcarem ou desembarcarem. O resultado do procedimento deve ser a forma√ß√£o de longas filas e atrasos. Normalmente, o procedimento √© feito por amostragem somente em alguns voos.  

A opera√ß√£o-padr√£o tamb√©m deve ocorrer nas pontes de Foz do Igua√ßu, que ligam o Brasil ao Paraguai e √† Argentina. Em 2004, a √ļltima greve nacional da Pol√≠cia Federal durou cerca de dois meses. Ao todo, 12.000 servidores comp√Ķem o quadro de funcion√°rios da PF em todo o Brasil.

Fonte: Revista Veja, com Agência Estado